Publicado há 1 mês • 3 min de leitura

Mindful Eating – O que é, e quais seus benefícios

Um tema hoje bastante falado e preocupado é o mindfulness, que significa “estar atento”. Mais qual a relação com o que comemos no dia a dia?

O mindfulness é uma prática que pode ser feita em qualquer momento, transformando a atividade em algo mais consciente. Já o mindful eating é prática do mindfulness na alimentação, sendo a ideia de comer com maior plenitude, ter uma alimentação consciente e uma experiência a partir daquele momento. O mindful eating proporciona a percepção daquilo que está se comendo, e que através disso, tenhamos diferentes benefícios tanto na saúde como também no autoconhecimento.

O alimento também é uma forma de autoconhecimento, e o mindful eating envolve não só o momento em que está comendo, mais também a experiência que envolvem todas as partes do nosso corpo, coração e mente. A alimentação é um ato que deve ser cheio de vitalidade, alegria e agradecimento, por isso nos envolvemos em todos os sentidos, com as cores das comidas, os cheiros, sons e tudo a nossa volta.

“O que nós comemos é simultaneamente a causa e efeito da nossa consciência.
Por isso, enquanto prepara seu alimento atente-se a sensações revigorantes que ele te traz, pois a alimentação deve ser um ato cheio de vitalidade e alegria. Faça da sua colher de pau um pincel, pincele o seu alimento com amor e cor.” – Bruna Hey, culinarista EdenCoco

Vale ressaltar aqui, que essa prática não é uma dieta, mais sim refletir sobre a alimentação, e o momento em que está com ela no dia a dia. O objetivo, não é a perda de peso, e sim, trazer uma alimentação consciente, comer sem exageros.

Qual os benefícios do Mindful Eating:

– Melhorar a ingestão dos alimentos.

Ao comer com consciente, mastigamos devagar os alimentos, esse ato faz com que haja a quebra dos alimentos em pedaços menores, tendo assim uma digestão fácil e mais eficiente.

– Reconhecer e mudar os pensamentos

Sabe aqueles pensamentos de preciso comer mais… um ato mais de exagero e vontade? Você consegue identificar e reconhecer esses pensamentos, identificando o que realmente o seu corpo precisa.

– Gerenciar as emoções

Claro que, toda as vezes que estamos em momentos negativos, queremos gerenciar nossas emoções jogando na comida. Por isso, quando você tem uma prática saudável de uma alimentação consciente, entendendo, vivendo e sentindo o momento, você abandona essa ansiedade e não joga a culpa na comida.

Confira algumas dicas sobre a pratica do alimentar consciente:

– Primeiro você precisa estar 100% naquele momento.

– Desconecte-se à mesa! Sem celular, televisão ou qualquer outra atividade que tire a sua concentração do momento.

– Aprecie a sua volta e com quem está.

– Respire fundo e se prepare para comer.

– Se mantenha confortável a mesa.

– Delicie-se com os momentos, perceba o que está ingerindo, sinta os gostos e as sensações.

– Não julgue os alimentos, não fique pensando em suas calorias e nutrientes.

– Verifique e tente dar uma nota a sua fome, assim fica mais fácil saber a quantidade que precisa.

– Ao finalizar a sua refeição, contemple e agradeça.


  • Compartilhe:

Blog

A casca verde do coco é um dos melhores materiais para a produção de adubo, fibras e pó, apesar...

Você já parou para pensar no que você vai comer daqui alguns anos? O mundo passa por mudanças constantemente,...

Já sabemos que o coco é um alimento rico em sais minerais, fibras e vitaminas e, além de saboroso,...

Inscreva-se para receber novidades.